• Giovana Quini

Como está o seu nível de merecimento?



Quando vamos receber uma visita, é tradição aqui no Brasil colocar uma mesa com tudo que temos de melhor. Seja para um café, almoço ou jantar, queremos sempre agradar. A melhor toalha, a louça mais nova, os melhores produtos, tudo para que nosso convidado se sinta especial!

Mas e para você mesmo, coloca a mesma mesa?

Estou vivendo a experiência de morar completamente sozinha. Durante toda a vida sempre cuidei de alguém. Dos meus pais, marido, filho, e há pouco tempo só da minha mãe. Enfim, sempre tive pessoas ao meu redor para quem cozinhar e a quem cuidar. Hoje vivo uma realidade diferente e confesso que não é fácil cozinhar só para mim.

Dá preguiça né? Mas nesses momentos me lembro de algo que aprendi com Wendell Carvalho: o merecimento.

O quanto está alinhado o seu merecimento? Ao receber uma visita, você proporciona o melhor. E para você, também proporciona o melhor? Coloca a melhor toalha para seu café da manhã? Serve a você mesmo os melhores produtos?

Ao organizar a casa da minha mãe me deparei com tanta coisa guardada. Toalhas lindas, louças novas. Ela guardava para um dia especial, para um convidado especial. E por anos guardou e não uso! Hoje, eu uso, pois o dia especial é hoje e a convidada especial sou eu mesma!

Isso não é egoísmo – é merecimento! E precisamos trabalhar nosso grau de merecimento todos os dias. Se você toma uma xícara de café encostada na pia e come apenas um pãozinho dormido e frio, está enviando uma mensagem ao seu cérebro que aquilo basta e que você não merece nada especial.

Cada vez que você se contenta com “qualquer” coisa, envia mensagens ao seu subconsciente de que não é merecedor de algo mais “especial”. E isso acaba se refletindo em outras áreas de sua vida!

Você acaba se contentando com qualquer coisa para almoçar, aceita qualquer tipo de tratamento, pois seu subconsciente está acostumado a entender que você não merece. E isso te leva a “qualquer” emprego, “qualquer” relacionamento.....

Você gestor, quando não tem o seu nível de merecimento bem alinhado, acaba aceitando “qualquer” profissional, “qualquer” fornecedor, “qualquer” cliente e isso resultará em “nenhum” crescimento.

Vejo muitos empreendedores, principalmente no mercado da beleza reclamarem que seus clientes são ruins, que a equipe é ruim, que seus profissionais não são comprometidos.... Então por que aceita? Por falta de merecimento.

E quando percebe está em “qualquer” vida medíocre, bem longe daquilo que sonha e merece.

Chega!

Basta!

Comece a trabalhar o seu merecimento! Coloque uma mesa bonita hoje mesmo para tomar um bom café da manhã. Inicie o seu dia com uma rotina que você quer e merece e não com “qualquer” coisa que lhe dão ou lhe “deixam” viver.

O simples fato de arrumar uma mesa bonita pra você ou mesmo preparar um café gostoso e levar na cama para você mesmo, já vai lhe dar a sensação de ser especial e isso com o tempo começa a desenvolver um sentimento de merecimento em você.

Logo, não vai mais aceitar “o mesmo” e vai querer muito mais, pois você merece!


Profa. Ms. Giovana Quini

Mentora, Coach e Palestrante.

Especialista e Apaixonada pelo mundo da beleza

Professora Universitária na área de Administração de Empresas

www.giovanaquini.com.br


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo