• Giovana Quini

Preciso ser cabeleireiro para abrir um salão?



Semana passada eu fiz uma postagem em meu story que deu o que falar......

Eu estava em um curso para auxiliar de cabeleireiro. Mas calma, não vou mudar de profissão.


Há muitos anos eu afirmo para os meus alunos que não é necessário ser um cabeleireiro para ter um salão de beleza. Você precisa entender primeiro de tudo sobre gestão do negócio.


Porém, eu sempre indico que os proprietários e gestores dessa área façam algum curso, não para exercer a profissão, mas para aprender mais sobre a atuação dos profissionais. Entender de produto, de procedimentos e até das dificuldades e desafios de cada profissional.


Durante minha trajetória no mundo da beleza, já fiz cursos de design de sobrancelha, maquiador, entre outros. Hoje estou desenvolvendo um projeto diferente, estou atuando na reestruturação de um salão e senti a necessidade de entender melhor esse universo e para isso busquei um profissional que muito admiro para me ajudar.


O Karl Santo é meu amigo, meu cabeleireiro e agora meu mestre! Ele tem um curso que forma auxiliares de cabeleireiro e aceitou o desafio de me ensinar também! Estou fazendo o curso de forma vip, presencial pois preciso me aprofundar em alguns aspectos.


E como isso irá melhorar minha atuação? Em muita coisa. Primeiro, ao me colocar no lugar do auxiliar e do cabeleireiro, vou entender melhor sua atuação e até suas dificuldades. Ao manusear produtos, vou entender melhor a consistência, as proporções, o rendimento dos produtos...


É claro que em um momento de maior movimento, posso até ajudar ao cabeleireiro, lavar o cabelo de alguma cliente, ajudar a preparar produto, secar um cabelo e isso, além de ajudar no andamento do salão, aproxima a equipe.


Quando nos colocamos no lugar do outro, criamos mais empatia e isso nos aproxima. O salão de beleza é uma empresa e precisa ser administrado como tal. Como empresa, temos uma equipe e quando essa equipe atua unida, torna tudo mais fácil e alcançar o sucesso um processo natural.


Então continuo afirmando que para abrir um salão de beleza, você não precisa ser cabeleireiro, você precisa primeiro estudar e entender de gestão de negócios. Mas, ao longo do tempo é importante sim, você fazer algum curso na área. Não para atuar, mas para entender!


Mas não apenas o básico, se aprofunde, entenda de novas tendências, novas tecnologias desenvolvidas. Seja um gestor completo, que entende de gestão, mas também do produto e serviço que sua empresa entrega para o público.


Para quem se interessou pelo curso de auxiliar de cabeleireiro ou outros cursos da área, acompanhe pelo Instagram - @oefeitosantok e @karlsantooficial



Profa. Ms. Giovana Quini

Mentora, Coach e Palestrante.

Especialista e Apaixonada pelo mundo da beleza

Professora Universitária na área de Administração de Empresas

www.giovanaquini.com.br




5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo