• Giovana Quini

Quais são seus valores?

Você sabe o que são valores? Não estamos falando de dinheiro, mas sim de ideais de atitude e comportamento. Aquilo em que você acredita e que é importante para você.




E quando falamos em empresa, quais são os valores da sua empresa? Quais são as atitudes que os profissionais devem ter?  O que é importante o relacionamento entre colegas, com o cliente, com fornecedores.

Os valores devem ser observados em todas as relações. De nada adianta você pregar que um dos principais valores da sua empresa é o respeito ao ser humano, receber seu cliente com tapete vermelho e não ter um espaço digno para seu profissional almoçar, por exemplo.

Você deve sim, no planejamento estratégico de sua empresa, definir quais são os valores. O que é realmente importante para você e para sua empresa. Além disso, é essencial que toda sua equipe saiba quais são esses valores e compartilhe dos mesmos.

Eu sempre afirmo, para um profissional “vestir a camisa” da sua empresa, ele precisa saber qual é essa camisa. Para que sua equipe seja comprometida com sua empresa, ela precisa acreditar naquilo que você acredita.

É importante que ao recrutar cada profissional você já entenda se esse profissional compactua dos mesmos valores, isso trará um engajamento maior o que, consequentemente, levará a uma maior produtividade e sucesso.

Mas não é apenas o público interno que deve conhecer e compartilhar dos seus valores. O público externo também deve. E para isso você deve conhecer muito bem o seu público externo.

Quais são os valores do seu cliente? O que é importante para ele? Se os valores da sua empresa forem próximos aos valores do seu cliente, a probabilidade de que esse cliente se torne seu fã, seja fiel e fale de você a outros é muito maior.

Algumas pessoas podem pensar nesse momento que essa definição de valores pode limitar o público a ser atendido. E eu lembro a vocês de uma marca internacional, gigante no ramo das bebidas – Coca cola. Ninguém pode negar que a Coca cola é uma das maiores empresas, porém, ela também não atende a todos os públicos. Por exemplo, existem pessoas que possuem restrições alimentares seja por questões de saúde ou por opção (dietas, diabéticos) e não podem consumir bebidas gasosas, com açúcar, com corantes ou qualquer produto químico.

A Coca cola até criou alternativas como produtos light e zero. Mas, mesmo assim, não atinge a todos, seja por valores ou até por preferência de paladar. Quantos não preferem a Pepsi, sua principal concorrente direta?

Ao invés de se preocupar com o fato de não atender a todo o público, veja como uma possibilidade de se aproximar ainda mais do seu público.

Então em primeiro lugar, pense, reflita quais são os seus valores, o que é importante para você e em que você acredita. Se a empresa é sua, isso se reflete em sua empresa, em sua equipe.

Mas cuidado, de nada adianta você definir os valores e não agir. Seu cliente logo vai perceber a incongruência. Se você diz que se preocupa com o planeta, que cuidar do meio ambiente é importante para você, mas seu cliente vê que você não separa o lixo reciclável e distribui copinhos plásticos a todo momento, ele não vai acreditar no que você diz.

No mundo da beleza, vemos o crescimento do público vegano e daqueles que se preocupam com os testes de produtos em animais. Se isso for realmente importante também para você, para sua empresa e para sua equipe, você deve utilizar linhas de produtos que também tenham esses valores.

Você, sua empresa, seus profissionais, seus clientes e seus fornecedores devem falar a mesma linguagem, ter os mesmos valores e buscar os mesmos ideais.


Beijos,


Gi


(Texto original publicado em 02/09/2019)

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo