• Giovana Quini

Qual a relação entre empreendedorismo e espiritualidade?


Você já viu um carro andar bem se um dos pneus estiver furado? Já viu uma roda girar perfeitamente se um dos seus lados estiver amassado?

É claro que não! Para que uma roda gire como deve, ela deve estar alinhada. E isso também acontece com sua vida, ela precisa estar equilibrada, alinhada.

Se uma das áreas de sua vida está com problemas – com toda certeza – irá afetar todas as outras áreas. E você empreendedor, precisa ficar atento!

Na primeira sessão do meu processo de Coaching, eu uso uma ferramenta chamada Roda da Vida – nela, através de algumas perguntas e muita reflexão da parte do Coachee, analisamos 8 áreas da vida:

1. Ambiente físico

2. Saúde

3. Carreira

4. Desenvolvimento pessoal

5. Família & Relacionamentos

6. Espiritualidade

7. Finanças

8. Divertimento & Lazer

E através dessa ferramenta, conseguimos identificar qual área precisa de mais atenção, qual área está com problemas. Quer um exemplo? Como está sua saúde física e mental? Se você estiver com depressão, por exemplo (que infelizmente é um dos problemas mais comuns entre empreendedores), irá conseguir motivar sua equipe? Claro que não!

No início de 2019, bem no comecinho da pandemia, me mudei para a casa da minha mãe para cuidar dela. Lá eu não tinha um escritório ainda, não tinha um ambiente físico de trabalho adequado. Minha produtividade caiu muito. Eu não conseguia produzir conteúdo em vídeos, não conseguia produzir minhas aulas, nem ao mesmo escrever eu estava conseguindo, pois o ambiente físico interfere diretamente na minha produtividade. No primeiro momento adaptei um espaço para trabalhar e logo depois construí meu escritório e só então vi minha produtividade voltar ao normal....

Hoje quero focar e te falar de uma área importante, mas que muitos empreendedores negligenciam: sua espiritualidade. E não estou falando de religiosidade, de placa de igreja, de denominação. Estou falando da sua ligação direta com Deus, de sua conexão com o universo e com você mesmo.

Quando perdemos a conexão com nossa espiritualidade, perdemos a conexão com nossa razão de ser e existir e a vida passa a ser vazia e sem sentido. Por outro lado, quando você está alinhado com sua espiritualidade, tudo muda: sua percepção sobre você mesmo, sua força de vontade, determinação, sua percepção sobre o outro, seu olhar sobre o mundo e sobre o seu futuro.

Infelizmente muitas vezes só nos aproximamos de Deus em momentos de dor. Assim como eu, você já deve ter passado por momentos difíceis, de dor, perda, sofrimento. Já percebeu como nesses momentos recorremos a Deus? Oramos, pedimos ajuda e ficamos mais sensíveis? Por que não então fazer isso em todos os momentos?

O empreendedor que desenvolve sua espiritualidade, estará mais próximos de seu cliente, de sua equipe e isso trará inúmeros benefícios para sua empresa. Então como fazer, como desenvolver a espiritualidade?

1. Seja grato – comece a praticar a gratidão. Uma ferramenta que você pode usar é o caderno da gratidão. Todas as noites, anote três motivos pelos quais você é grato naquele dia.

2. Pratique o perdão – não é fácil, mas comece a perdoar e a se perdoar. Não seja tão duro com você mesmo e com o outro. Lembre-se que somos seres humanos em constante desenvolvimento.

3. Oração – comece investindo alguns minutos do seu dia orando, conversando com Deus. Conte a Ele o que está acontecendo, quais são os seus sonhos e as suas dificuldades, agradeça pela vida que você tem e desenvolva a capacidade de ouvi-Lo.


Profa. Ms. Giovana Quini

Consultora, Coach e Palestrante.

Especialista e Apaixonada pelo mundo da beleza

Professora Universitária na área de Gestão Empresarial

www.giovanaquini.com.br


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo