• Giovana Quini

Qual o lucro do Salão de Beleza?


É claro que quem investe, quer saber quanto vai ganhar! E abrir um Salão de Beleza não é diferente.

Você irá investir tempo e dinheiro e precisa sim saber qual será o seu retorno. Então vou te apresentar aqui alguns pontos importantes a serem analisados e que te darão essa tão importante informação.

Para chegar realmente a esse percentual, você precisa ter planilhado todas as suas despesas e custos. Ou seja, o quanto você investe para que o salão funcione. Conta de água, luz, telefone, aluguel, produtos, entre outros irão interferir diretamente na sua lucratividade.

Você precisa ficar atento aos custos que tem. Será que é mesmo necessário uma assinatura de tv a cabo com tantos canais? Será que a taxa bancária que é cobrada mensalmente é a mais justa?

Cada um desses pontos deve ser analisado com cuidado, pois cada centavo, cada percentual irá refletir diretamente na lucratividade do seu salão.

Quando dou aula sobre a formação do preço de venda, sempre falo que se você não identificar e colocar na formação de preço contas pequenas como o segurança da rua, você vai continuar pagando, mas ao invés do Salão pagar, é você que irá pagar com o lucro do salão.

Geralmente, sobre os serviços do cabeleireiro, o percentual médio de lucro do salão é de 30%. Levando em conta uma comissão de 50% para trabalhos que exijam diretamente a técnica do profissional, como corte, penteado e escova e 40% de comissão para tratamentos e químicas, onde o salão fornece o produto, como coloração, alisamentos e hidratações.

Talvez seja exatamente por esse percentual que muitos empreendedores olhem como atraente e acabem focando apenas nesses serviços.

Porém, devemos analisar não só o percentual, como também o volume de faturamento que cada serviço traz para o salão.

Nos serviços de manicure, o lucro gira em torno de 10%. Porém, em muitos salões, o volume de faturamento que essas profissionais produzem, acaba sendo muito maior que serviços de cabeleireiro.

Você precisa avaliar o perfil do seu público. Quais são os serviços que ele mais procura e consome. Em alguns salões, os serviços de manicure tem um volume de faturamento maior. Em outros, os serviços de manicure são apenas um adicional, apenas trazem a cliente e o que movimenta o grande volume de faturamento é o cabeleireiro.

Temos também serviços de depilação e maquiagem que deixam um lucro de aproximadamente 20% para os salões. E os serviços de estética facial e corporal que nos últimos anos tem apresentado uma procura grande. Na área da estética temos dois tipos de parceria – o profissional pode ser um profissional parceiro como todos os outros e trazer uma lucratividade de 30% para o salão ou sublocação de espaço.


Profa. Ms. Giovana Quini

Mentora, Coach e Palestrante.

Especialista e Apaixonada pelo mundo da beleza

Professora Universitária na área de Administração de Empresas

www.giovanaquini.com.br


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo