• Giovana Quini

Você é mesmo empreendedor?


Um dos grandes movimentos que observei principalmente nesse último semestre, foi o aumento de pessoas que se dizem empreendedoras.

Seja por vislumbrar uma oportunidade, ou mesmo por sentir a necessidade, muitos começaram a se aventurar pelo empreendedorismo, abrindo novos negócios, começando novas atividades.

Mas, você é mesmo um empreendedor?

Claro que, em meio à tantas pessoas nessa situação, o que mais vejo é despreparo. Pessoas que não conhecem nem o mercado, nem a atividade que querem realizar se aventurando e se dando mal!

Para ser empreendedor, são necessárias algumas características básicas e quero começar a falar sobre algumas:

1. Iniciativa – Isso mesmo, o empreendedor tem que ter iniciativa. Eu sempre disse aos meus alunos que o empreendedor não espera acontecer, ele faz acontecer! Em um mundo cada vez mais competitivo, o empreendedor não pode esperar o cliente chegar, ele vai buscar o cliente. O empreendedor não espera “o mercado melhorar” para investir em algo novo, ele vai atrás de novas formas de fazer mesmo com o mercado ruim. A iniciativa faz com que o empreendedor não fique na inércia e realmente faça com que as coisas aconteçam.

2. Persistência – O empreendedor não desiste fácil de nada. Ele é persistente. Ele planeja, então sabe onde vai chegar. Por isso mesmo, ele é persistente. Claro que o empreendedor sabe que que irá enfrentar problemas e se prepara para eles. Nem sempre dará tudo certo, mas ele não desiste fácil, ele persiste e continua firme em seu caminho, rumo ao seu propósito.

3. Comprometimento – Acho que mais que uma característica, o comprometimento é uma obrigação do empreendedor. Nenhum profissional terá sucesso em qualquer atividade se não for comprometido. Muito mais o empreendedor, pois ele está à frente de um negócio, de um projeto. O empreendedor precisa, antes de todo mundo, acreditar, se apaixonar e se comprometer com o projeto, com a ideia, com o novo negócio. E estar comprometido é muito mais do que apenas acreditar, é fazer acontecer, é ser persistente, é dar prioridade. Muitas vezes temos que deixar outras coisas de lado para nos dedicar àquele empreendimento. Por exemplo: você é empreendedor, está começando um novo negócio e sabe que precisa dedicar todo seu tempo e dinheiro para esse novo projeto. Mas..... um amigo te liga e te convida para uma cervejinha no final do dia. Você sabe que tem que terminar algo para um cliente e deveria trabalhar até mais tarde para entregar no prazo. O que faz? O verdadeiro empreendedor, comprometido com seu projeto, irá dizer não ao amigo nesse momento e se dedicar ao projeto. Isso não quer dizer que você irá se afastar totalmente de tudo e de todos para sempre, mas apenas que terá prioridades e seu comprometimento nesse momento é com seu empreendimento.

4. Coragem – Para dizer não, para se dedicar, para acreditar no seu sonho e para enfrentar o feroz mercado, é preciso de coragem. Exatamente, sabe aquela força que nos faz enfrentar tudo e todos? Exatamente aquela coragem da criança em pular de qualquer lugar, aquela coragem de ir nos brinquedos mais malucos do parque de diversões. Coragem de enfrentar o novo, o desconhecido. Coragem de defender a sua ideia, a sua paixão.


Essas são apenas as primeiras, na próxima coluna vamos falar sobre mais algumas características.


Se você quiser saber se tem o perfil empreendedor entre agora mesmo no meu site e faça o teste: https://www.giovanaquini.com.br/livro-mentoria




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo